sábado, 23 de março de 2013

The Tall Man - O Homem das Sombras



Estreado em Portugal a 14 de março este filme revelou-se uma agradável surpresa, tendo-me cativado e me surpreendido positivamente. Repleta de suspense e mistério, esta história prende-nos na sua trama obrigando-nos a ver o filme até ao fim.

Para além do medo implícito em "The Tall Man - O Homem das Sombras", o suspense presente faz com que o espetador fique com os nervos em franja e queira saber o desfecho desta película que também tem algum terror e algum drama.

A meu ver o melhor deste filme é o twist, que é uma das melhores reviravoltas que assisti em meses e das que mais me deixou boquiaberto. Achei excelente a realização de Pascal Laugier, pois guia-nos perfeitamente pela história. Dou ainda destaque ao argumento que está muito bem conseguido, deixando poucas coisas por revelar e que nos surpreende. É um filme com princípio, meio e fim e que se não o virmos na sua totalidade não descobrimos a sua essência.

Em "The Tall Man" dou ainda destaque à capacidade de nos deixar a pensar e ao desempenho das atrizes Jessica Biel ("Hitchcock") e Jodelle Ferland ("A Saga Twilight - Eclipse") pois do elenco foram quem mais se destacou. Achei ainda excelente a narração do filme e o final que nos deixa a refletir, aconselho vivamente.

"The Tall Man - O Homem das Sombras" é um filme de 2012, com realização e argumento a cargo de Pascal Laugier. No elenco contamos com Jessica Biel, Jodelle Ferland, Stephen McHattie, William B. Davis, Samantha Ferris, Colleen Wheeler, Eve Harlow, Janet Wright, Ferne Downey, John Mann e Jakob Davies, entre outros.



5*

segunda-feira, 18 de março de 2013

Uma Noite Atribulada



Este é daqueles filmes que vimos apenas por diversão e que nos faz rir com algumas cenas, "Uma Noite Atribulada" oferece divertimento e tem uma história engraçada contudo tem falhas.

Uma das principais falhas de "Date Night" é o argumento não ser muito forte, o filme ter algumas cenas sem nexo e várias piadas sem piada. O melhor é que o filme consegue divertir e ainda surpreender, gostei também o desempenho do duo principal composto por Steve Carell e Tina Fey.

Realço ainda hilariante cena em alta velocidade e as participações de Mila Kunis, James Franco, Mark Wahlberg e Leighton Meester. Em resumo, penso que o intuito desta película seja divertir e consegue fazê-lo. Se poderia estar melhor? Sim, podia estar muito melhor.

"Uma Noite Atribulada" é um filme de 2010, realizado por Shawn Levy ("Puro Aço") e com argumento de Josh Klausner. No elenco podemos contar com Steve Carell, Tina Fey, Mark Wahlberg, Leighton Meester, James Franco, Mila Kunis, Taraji P. Henson, Jimmi Simpson, Common, William Fichtner, J.B. Smoove, Kristen Wiig, Mark Ruffalo, Jonathan Morgan Heit, Savannah Paige Rae, Gal Gadot, Olivia Munn, Jon Bernthal, Ari Graynor e Ray Liotta, entre outros.



3*

A Audição

 


Esta é uma das melhores curtas-metragens que já vi, é simplesmente excelente e oferece-nos uma mensagem para nos fazer pensar.

A ideia de o purgatório ser numa sala de teatro é interessante e os momentos passados nesse local estão muito bem conseguidos. No elenco de "A Audição" temos José Wallenstein, que interpreta a Morte e que nos ofereceu um excelente desempenho. Destaco ainda a participação especial de Mário Augusto como ele mesmo e o desempenho de Mário Redondo.

"A Audição" é um filme de 2009, com argumento e realização a cargo de Henrique Bagulho e Francisco Campos e com Mário Redondo e José Wallenstein no elenco principal.



5*

domingo, 17 de março de 2013

Auto do Cordeiro



"Auto do Cordeiro" conta-nos a história da última mulher do planeta que tem de tomar uma grande decisão: A continuidade ou não continuidade da vida humana.

Esta curta-metragem captou-me e aconselho-vos a vê-la, pois está muito bem conseguida. O melhor deste filme é Marta Inocentes que nos oferece um excelente desempenho, dou ainda destaque à linguagem poética presente na história e à mensagem que nos deixa.

"Auto do Cordeiro" é um filme de 2009 com realização e argumento a cargo de Pedro Rocha Nogueira, produzido por Luís Vieira Campos e protagonizado por Marta Inocentes.



4*

sábado, 16 de março de 2013

Mamã



"Mamã", título nacional, está repleto de suspense e tem uma premissa interessante. Estreado em Portugal a 07 de março, este filme captou a minha atenção e prendeu-me na sua história.

O melhor do filme é o suspense que nos faz ficar nervosos e expetantes pelo que irá acontecer, também gostei muito do seu lado imagético e icónico pois tem efeitos visuais muito bons e que mostra uma realização bem conseguida.

"Mama", título original, tem também momentos de terror e alguns sustos. A meu ver uma das cenas mais arrepiantes e intensas do filme é a última.

Jessica Chastain que aqui interpreta Annabel mostra mais uma vez a sua versatilidade como atriz oferecendo-nos uma personagem completamente diferente de algumas que já desempenhou, no meu ponto de vista é uma das melhores atrizes da atualidade.

Ainda nos desempenhos destaco o bom trabalho feito por Javier Botet e Nikolaj Coster-Waldau, no entanto Daniel Kash não brilha muito. O filme tem uma boa história e o argumento é bom, contudo poderia haver um pouco mais de coesão, sendo que há algumas coisas que deveriam ter sido melhor explicadas.

"Mamã" é um filme de 2013 realizado por Andrés Muschietti, produzido por Guillermo del Toro e com argumento a cargo de Neil Cross, Barbara Muschietti e Andrés Muschietti. No elenco podemos contar com Jessica Chastain, Nikolaj Coster-Waldau, Megan Charpentier, Isabelle Nélisse, Javier Botet, Daniel Kash, Jane Moffat, Hannah Cheesman e Pamela Farrauto, entre outros.



4*

sábado, 9 de março de 2013

A Minha Semana Com Marilyn

 


Gostei da história do filme, mas confesso que me tenha desiludido um pouco. Apesar de a história ser interessante esperava um pouco mais deste "A Minha Semana Com Marilyn", contudo aconselho-vos a ver.

O melhor de "My Week with Marilyn" é mesmo Michelle Williams, que interpreta a diva Marilyn Monroe. Este desempenho está quase perfeito e os momentos em que Michelle Williams está no filme estão muito bem conseguidos, destaco ainda a excelente caraterização da personagem e o seu guarda-roupa.

Também gostei do desempenho de Eddie Redmayne, Julia Ormond, Kenneth Branagh, Philip Jackson e Judi Dench. Destaco ainda a caraterização da época e os momentos em que Michelle Williams desempenha cenas de "O Príncipe e a Corista".

As principais falhas de "My Week with Marilyn" são este ser grande de mais, a química entre Michelle Williams e Eddie Redmayne não me ter cativado muito, o desempenho de Dominic Cooper não ser dos mais brilhantes do filme e Emma Watson ter estado pouco tempo em cena.

"A Minha Semana Com Marilyn" é um filme de 2011 realizado por Simon Curtis, com argumento de Adrian Hodges e baseado nos livros "The Prince, the Showgirl and Me" e "My Week with Marilyn" escritos por Colin Clark, que no filme foi interpretado por Eddie Redmayne.

No elenco deste filme podemos contar com Michelle Williams, Eddie Redmayne, Kenneth Branagh, Julia Ormond, Geraldine Somerville, Judi Dench, Dominic Cooper, Michael Kitchen, Miranda Raison, Toby Jones, Philip Jackson, Penny Ryder, Pip Torrens, Zoë Wanamaker e Emma Watson.



3*

sexta-feira, 8 de março de 2013

As Serviçais



Este filme tem uma história excelente e oferece-nos um argumento muito bem conseguido, coerente e com poucas ou quase nenhumas falhas. "As Serviçais" traz-nos uma história sobre a sociedade norte-americana dos anos 60.

Skeeter Phelan (Emma Stone) é o oposto das suas amigas pois ainda é solteira, não tem filhos e pretende lutar pelos seus objetivos, que são seguir jornalismo e escrever livros. Indignada com o conservadorismo no Mississippi e com a maneira como as serviçais são tratatas pelos seus patrões, Skeeter decide escrever um livro no ponto de vista dessas criadas e pede ajuda a duas delas: Aibileen Clark (Viola Davis) e Minny Jackson (Octavia Spencer).

"The Help" aborda um tema delicado, o racismo, de uma maneira simples e quase perfeita, Tate Taylor está de parabéns pelo excelente argumento e pela excelente realização. A sua história faz-nos pensar, obriga-nos olhar para a época em que é passado e para a nossa para vermos as diferenças entre as épocas e é um filme 100% recomendado.

Para além de uma história excelente, esta película oferece-nos um elenco de luxo. Emma Stone está muito bem como a irreverente Skeeter, mas a personagem Aibileen Clark interpretada por Viola Davis é a cereja em cima do bolo. Viola Davis mereceu a nomeação ao Oscar de Melhor Atriz Principal, pois a sua personagem esteve presente em quase todos os momentos cruciais do filme e mesmo quando não a víamos no ecrã tínhamos a sua voz como narradora.

Octavia Spencer também esteve excelente como Minny e mereceu ter ganho o Oscar de Melhor Atriz Principal e oferece-nos uma personagem que apesar de se sentir triste com a vida que leva como criada, é feliz com a sua família e com a sua amiga Aibileen. Uma das cenas mais hilariantes de "As Serviçais" é quando Minny deu uma tarte à sua malvada patroa Hilly Holbrook, desempenhada por Bryce Dallas Howard.

E por falar em Bryce Dallas Howard a atriz esteve excelente como Hilly, que é das personagens mais odiosas do filme. Por outro lado, temos Celia Foote (Jessica Chastain) uma pessoa ingénua mas bondosa para a sua serviçal. Sissy Spacek, Cicely Tyson e Allison Janney também estão bem nos seus papéis, já Anna Camp é quem menos brilha no filme.

"The Help" foi nomeado a quatro Oscars: Melhor Filme, Melhor Atriz Principal para Viola Davis e Melhor Atriz Secundária para Jessica Chastain e Octavia Spencer, que mereceu ter recebido o prémio. Na minha opinião Emma Stone e Bryce Dallas Howard também deveriam ter sido nomeadas, tal como o filme deveria ter uma nomeação no que diz respeito ao argumento.

Também achei excelente a caraterização das personagens e da época, com destaque para excelente guarda-roupa e o uso de canções dos anos 60 para a BSO. Não tenho muito mais a dizer sobre este excelente filme a não ser recomendá-lo, vejam.

"As Serviçais" é um filme de 2011, com argumento e realização de Tate Taylor e é baseado no livro homónimo de Kathryn Stockett. No elenco podemos contar com Emma Stone, Viola Davis, Bryce Dallas Howard, Octavia Spencer, Jessica Chastain, Allison Janney, Anna Camp, Cicely Tyson, Sissy Spacek, Ahna O'Reilly, Eleanor Henry, Emma Henry, Chris Lowell, Mike Vogel, Brian Kerwin, David Oyelowo, Leslie Jordan, Shane McRae, Ted Welch, Aunjanue Ellis e Tiffany Brouwer, entre outros.



5*

terça-feira, 5 de março de 2013

Agora Fico Bem



"Agora Fico Bem" é um filme humano, realista e sensível que nos traz a história de Tessa Scott (Dakota Fanning), uma jovem de 17 anos com leucemia, que quer viver a vida ao limite e para conseguir aproveitar cada momento esta jovem cria uma lista do que gostava de fazer antes de morrer.

A meu ver o melhor de "Now Is Good" é o desempenho da excelente Dakota Fanning, que consegue demonstrar várias fases da personagem principal. Consegue transmitir ao mesmo tempo a alegria e a tristeza de Tess, Dakota Fanning é sem dúvida o centro do filme. Uma das cenas mais arrepiantes desta película é quando a jovem se prepara para ter um encontro mas o imprevisto acontece, uma cena arrepiante e crua, porém extremamente realista.

Apesar de ter gostado muito da história aponto falhas ao argumento, penso que deveria ser mais coerente e mais forte e deveria ter aprofundado um pouco mais a história de Zoey (Kaya Scodelario), a amiga de Tess e uma das personagens principais.

O desempenho de Paddy Considine, que interpreta o pai de Tess, está demasiado forçado e deixa a desejar. Contudo o desempenho de Jeremy Irvine está muito bem conseguido, mostrando uma personagem que tem algumas dificuldades em lidar com a situação da sua amada Tess. O jovem Edgar Canham que interpreta Cal, o irmão da protagonista, também demonstra ser um bom ator e oferece-nos uma personagem inocente, mas que ao mesmo tempo percebe que a irmã partirá em breve.

"Now Is Good", que estreou no nosso país a 28 de fevereiro, está muito bom e os seus últimos minutos deixam uma mensagem que nos é transmitida pela própria Tess: Apesar da dor, apesar do sofrimento e apesar da perda, a vida continua. Este filme tem a capacidade de deixar uma pessoa a pensar tendo uma história humana e realista, contudo a sua história poderia estar mais bem conseguida.

Também gostei muito da banda sonora deste filme, de alguns momentos da história e da sua capacidade de ir aos extremos, tendo momentos que nos podem fazer rir e outros que nos podem fazer deitar uma lágrima.

"Agora Fico Bem" é um filme de 2012, com argumento e realização a cargo de Ol Parker e baseado no livro "Before I Die", escrito por Jenny Downham e publicado em 2007. No elenco podemos contar com Dakota Fanning, Jeremy Irvine, Paddy Considine,Olivia Williams, Kaya Scodelario, Edgar Canham, Joe Cole, Julia Ford, Julian Wadham, Josef Altin e Rakie Ayola, entre outros.



4*

sábado, 2 de março de 2013

Força Anti-Crime



Estreado em Portugal a 21 de fevereiro de 2013, "Força Anti-Crime" é um filme que nos oferece muita ação, um bom elenco e um argumento bem conseguido. Passado em Los Angeles no ano de 1949, o filme conta-nos a história do Sargento John O'Mara (Josh Brolin) contra o crime na cidade liderado por Mickey Cohen (Sean Penn).

Para conseguir combater o crime John escolta um grupo de pessoas composto por Jerry Wooters (Ryan Gosling), Coleman Harris (Anthony Mackie), Max Kennard (Robert Patrick), Navidad Ramirez (Michael Peña) e Conway Keeler (Giovanni Ribisi).

A meu ver "Gangster Squad" está muito bem conseguido e tem uma boa caraterização, tanto em termos da época como em termo das personagens. Este é um filme de ação em que o argumento é bom, tendo uma história muito interessante. Por ser baseado numa história verídica esta película dá-nos a conhecer como a polícia lidava com a máfia e como era LA nesta época, na minha opinião é um filme a rever.

No elenco temos ainda a bela Emma Stone, que nos traz Grace Faraday uma das personagens centrais da história e que irá ditar um pouco o destino do filme e dos seus personagens. Emma Stone emana sensualidade, é uma excelente atriz e dá brilho a este filme.

"Gangster Squad" é também baseado em sete reportagens feitas pelo jornalista Paul Lieberman, que foram publicadas no jornal Los Angeles Times. A estreia deste filme atrasou-se pois teve de ser excluída uma cena onde havia um tiroteio num cinema, isto devido ao tiroteio que houve num cinema de Aurora, Estados Unidos da América.

Esta história deixa uma mensagem sobre o crime e a corrupção, lançando o alerta para estes temas. "Força Anti-Crime" mostra que a corrupção existirá sempre, mas que a luta pelo seu fim não cessará e uma frase dita pela personagem de Josh Brolin demonstra isso: "Haverá sempre um Mickey Cohen".

Gostei muito da cena em que a atriz Yvette Tucker interpreta a grande Carmen Miranda, também me agradou que o filme tivesse um lado mais dramático e gostei da química entre Ryan Gosling e Emma Stone. Dou ainda destaque à originalidade que existe nos créditos finais, "Gangster Squad" é sem dúvida um filme a rever, aconselho-vos a vê-lo.

"Força Anti-Crime" é um filme de 2013, realizado por Ruben Fleischer e com argumento de Will Beall. No elenco podemos contar com Sean Penn, Josh Brolin, Ryan Gosling, Mireille Enos, Emma Stone, Anthony Mackie, Robert Patrick, Michael Peña, Giovanni Ribisi, Holt McCallany, Wade Williams, James Landry Hébert, Ambyr Childers, James Carpinello, Troy Garity, Austin Abrams, John Aylward, Josh Pence, Maxwell Perry Cotton, Haley Strode, John Pallotta, Sullivan Stapleton e Yvette Tucker.



4*